A Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro Nacional) participou de reunião com o ministro Benjamin Zymler, presidente do Tribunal de Contas da União (TCU), com o objetivo de alinhar discursos e planejamentos estratégicos para o setor de tecnologia da informação (TI).

A entidade entregou ofício ao ministro ressaltando sugestões de ações para desenvolvimento do segmento, que já haviam sido abordadas em carta enviada à Secretaria de Logística e Tecnologia da Informação (SLTI) do Ministério do Planejamento. Entre as medidas a Assespro quer promover a regularizações para definições de incentivo a empresas de pequeno porte, entendimento de acordo de níveis de serviço, maior transparência para empresas de TI em licitações, além de leis específicas para o incentivo à produção de software nacional.

“Recebemos recentemente o posicionamento da SLTI referente à nossa carta de proposição, e apresentamos toda essa documentação ao TCU, com o objetivo de entender o posicionamento desse Tribunal e convergir em medidas de interesse mútuo”, afirma Luís Mário Luchetta, Presidente da Assespro Nacional.

Fonte: Portal Computer World - acesso em 22/02/2012