As vezes, a demanda de uma empresa exige que a equipe trabalhe além da jornada normal.Nesse momento, é preciso que a empresa tenha um controle eficiente das horas extras, para fazer o pagamento correto ao funcionário, manter a quantidade de horas dentro do limite e evitar qualquer tipo de complicação jurídica devido a erros. Veja como fazer controle de horas extras sem dores de cabeça

Utilize um sistema adequado de registro

A empresa precisa saber quando o funcionário entra e sai da empresa. Pode parecer óbvio, mais muitas vezes isso não é feito de forma correta. Empresas com mais de 10 funcionários são obrigadas a ter um sistema de controle de ponto da empresa. Com um software eficiente, as informações de entrada e saída ficam armazenado no seu banco de dados e podem ser consultadas depois.

Gere relatórios sobre as horas trabalhadas

Ter os registros não é o suficiente para fazer um bom controle de horas extras. Sua equipe também tem o direito de saber como seus horários são registrados, especialmente se esperam receber um pouco mais no fim do mês. Esse é outro motivo para ter um software de gestão, que  consegue gerar um relatório rapidamente e sem nenhum erro.

Confira dados em falta antes de fechar as anotações

Por fim, um bom controle de horas extras não deixa espaços em branco. Ignorar um dia sem registros do colaborador pode ocasionar problemas. Talvez haja uma justificativa para a falta, ou o funcionário apenas tenha se esquecido. Em todo caso, evite deixar espaços em branco no seu relatório. Você vai precisar dele na hora de calcular o bônus no pagamento de algumas pessoas.

Agora que você sabe como fazer o controle de horas extras com qualidade, conheça o Ponto Soft, que vai te ajudar a fazer o controle de horas extras dos seus funcionários com precisão, facilitando a rotina da sua empresa.